Archive for março \31\UTC 2008

moires

março 31, 2008

moire bolas

leia-se moarê.

é um efeito óptico pela sobreposição de dois padrões quaisquer. acontece muito quando se representa alguma imagem de algum padrão como uma grade, uma persiana, qualquer coisa listrada ou reticulada. o que acontece é a sobreposição da reticula da técnica de reprodução – resolução da foto, reticula da impressão, etc – com o padrão representado.

moire linhas

o mesmo tipo de efeito acontece em outros meios que não a imagem. quando a gente vê na tv a hélice de um helicóptero ou a roda de um carro que parecem girar ao contrário. é a taxa de amostras em relação à frequencia da rotação.

moire reticula

nas imagens, uns gifs que eu fiz no flash, sobrepondo uma imagem em movimento à ela mesma parada.

Anúncios

darth verde – pareceu genial

março 29, 2008

mas era óbvio. bastou dar uma googleada, e achei varios usuários deste trocadilho infame.


o melhor foi este, o verdadeiro darth verde.
http://www.blogtorcedorgoias.globolog.com.br/index.html?postId=483604


achei curioso que dando uma busca por “darth vader pixel art” apareceu um verde.
http://www.pixeljoint.com/pixelart/1947.htm

darthverde
o fato é que depois dessa busca, minha proposta inicial de fazer um darth verde pixel art foi bem desmotivada, e fiz esse meio de má vontade.

notredame – paris

março 28, 2008

não, eu não fui andando este fim de semana até paris. estas fotos são velhas, e esu só estou requentando pra não ficar sem postagem hoje.

esse é o meu fiel escudeira e ao fundo é a notredame de paris, que fica na ilha. foi restaurada pelo violet-le-duc, no seculo XIX. é uma igreja relativamente pequena, pra ser gótica.

abóbadas nervuradas góticas, uma obsessão.

estátuas esculpidas diretamente nas pedras das paredes, ao redor da porta. um deles perdeu a cabeça.

e o pô do sol.

pra terminar, um vídeo juntando o pouco que eu filmei por lá. não tinha mexido neles até hoje, agora resolvi editar e publicar.
reparem na altura do sol, era por volta das 14~15h, de dezembro.

metrô: estação lapa

março 27, 2008

perspectiva da futura estação lapa do metrô. já não vai ser mais assim, mas como ainda não fiz uma mais caprichada do estado atual, vai essa por enquanto.

reparem que a cabeça do niemeyer está bem no ponto de fuga.

espremedor de laranja

março 25, 2008

dando continuidade à serie dos pedais handmade, venho lhes apresentar o orange squeezer.

este pedal é um compressor, ele comprime os picos, evitando alterações de volume muito bruscas. em termos musicais, ele achata a dinâmica da música. e se comprimir muito, ele acaba alterando o timbre.
no caso do meu, ele distorce um pouco tambem, o que eu acho que não é normal…

este foi o meu ultimo pedal, ainda teve um no meio entre esse e o minifuzz, que eu vou postar outra hora.

o que eu gostei desse é que foi a primeira vez que eu preparei um acabamento especial pro pedal. os anteriores foram caixas prontas, como uma caixa de cartucho de videogame, ou um estojo.

pra esse acabamento eu tive pela primeira vez colaborações de amigos (em geral é um trabalho meio solitario, eu e a minha solda), aos quais sou grato.

cansou

março 24, 2008

mas valeu

ape

abbey road – roger roger

março 20, 2008

pixel art

março 19, 2008

alguns desenhos realizados no ms paint. eles são feitos por pixel e depois aumentados em 300% ou 400%
são usadas prioritariamente as cores que vem prontas no paint. o salvamento em gif dá uma deformada nas cores e nos pixels, dando um charme especia.

o primeiro é a telekiki em versão telepix.

estes outros são os momentos inicial (cavern club, ed sullivan) e final (rooftop) dos beatles, em versão pixel (embora alguns digam se tratar de lego).

no metro

março 18, 2008

escultura na fau

março 17, 2008

essa fotomontagem foi um trabalho academico que eu fiz, de criar uma escultura pra algum lugar da cidade universitária. eu fiz essa pra ficar no gramado ao lado da fau, achei que ficou bonita. pena que não vão executar…

a escultura foi realizada em maquete de papel, em miniatura, fotografada com a luz correspondente e implantada numa foto no mesmo angulo.

eu achei legal tambem o processo. essa foto acima foi a entrega final, antes teve a entrega intermediaria, que foi esta abaixo. essa foi a ideia original, feita num papel mais grosso. ela é bem mais simples, mais objetiva. um pouco por causa da escala reduzida, mas principalmente por que era mais um brainstorm. fui cortando pedaços de papel e colando, ate dar uma forma interessante, e essa ficou a melhorzinha.

na hora achei ela muito legal, tanto que nao sabia o que mudar nela depois, plasticamente falando. mas conversando com a professora, percebi que haviam defeitos de ordem estrutural nela. por ser implantada numa área externa, ela sofre ação dos ventos. uma escultura com planos tão grandes sofreria demais com isso. pra manter essa forma, além de uma boa fundação, seria necessario aumentar consideravelmente a espessura das placas.

a partir disso, alterei a forma. diminui o tamanho dos planos, tranformando o retangulo num triangulo, e acrescentei dobraduras, que estruturam o plano. o resultado final, na minha opinião, ficou mais bonito que a primeira proposta. agora eu olho e acho extremamente pesada a primeira versão.

enfim, acho um caso feliz de união entre a forma e a estrutura.