Archive for outubro \26\UTC 2008

internet 2.0

outubro 26, 2008

meu irmão fez um blip.

blip é um tipo de lastfm, só que com cara de twitter.

twitter nada mais é que um miniblog.

lastfm é como um orkut somado a um pandora.

pandora era um tipo de youtube de música.

orkut é tipo um facebook ou um myspace.

só que o myspace é mais usado pra música, como o blip.

eita, mudernidade.

arte urbana 2!

outubro 24, 2008

um video mostrando a obra genial de um artista de nova iorque chamado joshua allen harris. dispensa explicações.

arte urbana!

outubro 24, 2008

retomando as atividades após um pequeno hiato, vou postar algumas artes urbanas, tema que me agrada muito.

primeiro, algumas fotos de esculturas urbanas. gosto especialmente dos neoconcretos, que na arte urbana são representados por amilcar de castro e franz weissmann.

até já tinha postado alguma coisa sobre esse tema, já faz algum tempo venho estudando, oficialmente e espontaneamente, a obra destes artistas. tem algumas coisas publicadas no meu velho site.

estas duas primeiras fotos eu fiz no parque da luz, em um lindo dia de chuva. as fotos não são muito explicativas, pois eu buscava angulos inusitados.

estas outras duas são outras duas esculturas dos mesmos autores, na avenida paulista.

esta foi particularmente dificil de fotografar, devido à sua grande dimensão. o que acho curioso é que ela passa despercebida por muitas pessoas, possivelmente por se parecer com os totens de rua.

esta outra foto é inspirada numa foto feita pela minha irmã, que teve a sacada de filtrar a obra com outros elementos urbanos.

tenho mais duas fotos do weissman no panoramio, que foram para o google earth, uma na praça da sé e uma no memorial da américa latina.

pra finalizar este post, um vídeo d’a grande flor tropical do weissmann, no memorial da américa latina.

eu ia postar mais um video, mas vou fazer um post separado pra ele.

pego no ato

outubro 14, 2008

me apresentaram um site muito bacana esses dias, chama geoportal. é uma espécie de google maps, inclusive a interface é muito parecida. a foto atual dele não é tão atual assim, acho de antes dos anos 2000. mas ele tem alguns recursos diferentes. o mais interessante destes é uma foto aérea de 1958.

na minha primeira exploração, fui dar uma volta pela lapa (de são paulo), que até pouco tempo era a minha área-objeto. eis que me deparo com uma situação interessante: a foto registrou o ato da construção do viaduto que transpõe a ferrovia. o mesmo que hoje enfeia a paisagem da região.

passeando mais um pouco, eu e meus amigos arquitetos, urbanistas e geógrafos nos deparamos com um flagrante histórico: um trecho do tietê estava sendo retificado! o desenho dos meandros do rio explicam muito sobre os padrões de ocupação desta região, tão truncado.

enfim, só uma digressão urbanística-documental

jazz na paulista

outubro 10, 2008

ontem eu estava na minha caminhada diária pela avenida paulista quando me deparei com uma orquestra montada na calçada. parei pra dar uma olhada (ouvida), apesar do meu horário justo.

tratava-se de uma orquestra de jazz (que depois fui saber se tratar da orquestra de semáforo, parte da mostra sesc de artes, eu obtive mais informações depois no blog da mostra ) que tocava trechos, praticamente vinhetas, com a duração de um semáforo fechado (pros carros, aberto pros pedestres).

havia inclusive uma peça interativa, onde os carros parados no semáforo eram convidados a participar.

quem quiser conferir eu fiz um videozinho:

o bichinho 2

outubro 9, 2008

um desenho de observação d’o bichinho, durante uma reunião de trabalho.

abaixo uns pedaços de banco de ônibus.

arvorinha

outubro 4, 2008

após um período pouco postativo, volto aqui pra minha kikipedia. e não foi falta de assunto, pois estou pra postar isso aqui há uma semana. foi falta de tempo mesmo.

bom, o lance é o seguinte: ganhei uma arvorinha. uma campanha do jornal publimetro e um fabricante de carros aí (mea culpa? cinismo? ingenuidade?).

a idéia é interessante, a gente ganha uma mudinha de sibipiruna. diz o pacotinho que plantando essa muda a gente ganha uma cidade melhor.

o que não é bem verdade.

  • primeiro por que eu preciso arrumar um lugar pra plantar uma árvore (que pode atingir de 8 a 19 metros de altura, e cujo tronco pode ter entre 30 e 40 centimetros).
  • segundo que se eu plantar essa mudinha ai não vai mudar nada significativamente nessa metropole de 20 milhões de habitantes.
  • terceiro que, mesmo que todos que receberam arrumem um lugar pra plantar, vai levar algum tempo até que elas cresçam e façam alguma diferença em alguma coisa (creio que mais de 10 anos, se eu aprendi algo de paisagismo).
  • e quarto, parece que essa árvore, de folhinhas singelas, faz uma sujeira danada e é boa pra entupir calhas e escoamentos em geral.

confesso que quase tudo isso aí passou na minha mente no lapso de segundos entre abrir o semáforo e eu pegar a arvorinha na cesta da moça do jornal. mesmo assim eu peguei uma. e confesso também que achei a campanha interessante, apesar de inútil na prática. acho que pelo menos dá uma sensibilizada nas pessoas que pegaram uma.

estou regando ela pra dar uma crescida, e enquanto isso tento arrumar um lugar pra planta-la. já recebi algumas sugestões, mas a maioria sugere pra eu plantar na minha casa. acontece que moro em apartamento, e acho que a floreira da janela não comporta uma árvore.