Posts Tagged ‘mercado’

utilidade e consumo

julho 1, 2009

apesar de eu ter um certo fascinio pela produção em série, e particularmente a produção industrial, venho aqui fazer uma pequena reflexão crítica sobre o tema.

CONCRETEIRA_42 formas de prova 3

as indústrias surgiram como impulsores do capitalismo, e seu princípio é produzir pra vender. de lá pra cá se estabeleceu a chamada sociedade de consumo,  e os reflexos dela estão saltando aos olhos nesta virada de milênio. a quantidade de lixo produzido, a poluição, a exploração dos recursos naturais. estamos destruido o planeta gradativamente.

à parte argumentos “ecologicamente corretos”, ou “sustentáveis” (outros nomes pra vender um outro tipo de consumo “diferenciado”), a crítica aqui se detém à própria idéia de venda de bem. existe uma corrente de pensamento que defende (e eu apoio) que deve haver uma mudança de paradigma da venda do produto para a venda do serviço. é mais ou menos o que se chama de valor de uso e valor de troca, ou valor de mercado, acho.

quino1

alguns exemplos, pra ver se fica menos abstrato:

– ao inves de comprar um cd ou um dvd, voce ouve a musica direto de um servidor, via conexão de rede. voce não compra a mídia (cd,dvd), mas paga pra ouvir a música. reduz drasticamente a produção de midias, e aumenta a demanda pelo serviço de conexão de rede.

– ao inves de comprar um carro, voce aluga ele de uma empresa diretamente ligada ao fabricante. voce não tem mais que fazer manutenção, a empresa faz. quando o carro fica velho, voce nao tem que revender e comprar outro, a empresa (especializada) cuida disso, inclusive de um possivel desmonte e reaproveitamento de componentes. ou pelo menos de um devido descarte das partes.

é dificil pensar assim, são anos de treinamento…

ps.: a charge é do quino

lapa

abril 24, 2008

um modelinho volumetrico da lapa. comecei fazendo o mercado, a partir do gegran, foto aerea google earth e fotos de visita.

ficou bem tosquinho e simplificado. nao fiz as laterais nem nada. comparado com oterminal de onibus, que eu tinha uns desenhos tecnicos, ficou mais sumario. mas da pro gasto.

implantei os dois numa foto aerea, e fiz um volumetrico do entorno, tipo isopor. só o shopping da lapa eu modelei um pouco mais, em tres blocos com as cores.

eu ignorei o relevo, que é quase plano, porem relevante pro desenho da praça e terminal de onibus…